fbpx
Fama & CelebridadesNews

Família de Michael Jackson se revolta com documentário que o acusa de abuso sexual

'Leaving Neverland' tem causado furor desde que estreou no Festival Sundance

Parentes de Michael Jackson divulgaram nesta segunda-feira (28) um comunicado, dizendo-se ultrajados com o documentário “Leaving Neverland”. O filme, que tem feito barulho desde que estreou no Festival Sundance, defende a tese de que o cantor abusou sexualmente de dois garotos menores de idade​.

“Estamos furiosos que a mídia, sem qualquer prova ou evidência física, tenha escolhido acreditar na palavra de dois mentirosos contumazes em detrimento das centenas de famílias e amigos que passaram tempo com Michael e provaram de sua lendária generosidade”, diz a nota.

Leaving Neverland documentário sobre Michael Jackson

A obra dirigida por Dan Reed compila relatos de supostos abusos sexuais cometidos pelo músico. Um dos acusadores é Wade Robson, que tinha sete anos quando conheceu Michael, e afirma no filme que o cantor era um “predador sexual” e que cometeu abusos durante anos.

Seus parentes chamam a repercussão do filme de um “linchamento público”, e os comentaristas da internet de “abutres do Twitter”.

 “Michael não está aqui para se defender, ou então essas alegações não teriam sido feitas”, diz a familia.

 

 

COMENTÁRIOS

Tags
Mostrar mais

Comente aí!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Close
%d blogueiros gostam disto: