fbpx
News

VÍDEO: Jornal Nacional faz reportagem positiva sobre Michelle Bolsonaro

JN surpreendeu ao mostrar o lado carismático da primeira-dama

A nova primeira-dama, Michelle Bolsonaro, não gosta de dar entrevistas, mas já disse que quer se dedicar a projetos sociais. Ela é ex-assessora parlamentar e conheceu o marido na Câmara dos Deputados.

A felicidade em pessoa. O estado de espírito da nova primeira-dama do Brasil estava estampado no rosto na posse do marido. Os sorrisos, acenos e cumprimentos discretos na posse revelam muito sobre a personalidade de Michelle Bolsonaro, uma mulher que nasceu e foi criada tão perto e tão longe dos palácios da capital.

A exatos 35 quilômetros do Palácio do Planalto, a maior cidade do Distrito Federal é também uma das mais pobres. Ceilândia tem brasileiro de todo canto, mas é conhecida como o berço dos nordestinos. Lá nasceu e foi criada Michelle de Paula Firmo Reinaldo. Os antigos vizinhos têm boas lembranças dessa época.

A história da menina Michelle é bem parecida com a história de tantas outras meninas que vivem em bairros da periferia das grandes cidades brasileiras. Em Ceilândia, ela sempre estudou em escola pública, concluiu o ensino médio, e precisou ajudar a mãe nas despesas de casa.

A jovem, que seria a primeira dama do Brasil, tinha muita energia e foi a luta. Trabalhou num supermercado, numa indústria de alimentos, aliás, este foi o primeiro emprego com carteira assinada.

Michelle já disse que concorda com 99% das ideias do marido, mas também que já discordou da forma como ele usou as palavras em certas ocasiões.

Por Jornal Nacional

COMENTÁRIOS

Tags

Comente aí!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Close