Melania Trump de estilo clássico e conservador na posse do presidente Trump

 

Mesmo com todo os protestos feministas/feminazis, artistas e a grande mídia que não aceitam a democracia e a escolha do povo americano, o novo presidente Donald Trump e Melania Trump seguem em pose firme diante de prós e contrários ao seu governo, a começar pelo estilo conservador e elegante de sua primeira dama em várias aparições, inclusive no dia posse.

Melania optou por um vestido branco de um ombro do estilista Hervé Pierre para o Inaugural Ball e revelou a aparência sob medida – com um cordão vermelho fino na cintura, detalhe sutil de babados e fenda na altura da coxa – ao chegar ao Freedom Ball com seu marido, depois de um longo dia de atividades inaugural.

Ainda que ativistas feministas e LGBT queiram boicotar estilistas famosos por vestir a nova primeira dama americana, com certeza o mercado de luxo das grifes não será abalado por tais boicotes. Quem não vai querer vestir a mulher do presidente Trump?!

Classe e elegância passam por aqui… o presidente estava bem satisfeito ao dançar com a sua bela primeira-dama.

Mais cedo no grande dia da posse em público, Melania Trump escolheu um conjunto clássico e elegante Ralph Laurent, um look clássico americano.

De acordo com alguns especialistas em moda, a primeira dama atualizou o estilo elegante conservador ‘senhora’, com “uma cintura mais apertada e adaptado à forma da ex modelo eslovena “. O conjunto,  ‘babyblue’ – azul bebê – na tendência candy colors, foi inspirado na tendência de moda da também primeira dama Jackie Kennedy no século XX.

A roupa para trás a elegância de silhuetas geométricas e estética ‘casulo’, para diferenciar do de Jackie, que também escolheu essa tonalidade em 1961 por posse do então presidente John F. Kennedy, no início dos anos 60, optando por um ‘ monolook ‘ com luvas e sapatos de salto altos de tom apastelado.

O resto do estilo segue a mesma linha minimalista: o cabelo em um coque clássico, nenhum traço de acessórios e brincos de diamante discretos.

Na quinta-feira à noite, 19, a primeira dama estava vestida com um vestido champanhe de lantejoulas por Reem Acra para em um evento da sociedade Indiana.

Viva a democracia! O povo americano escolheu o conservadorismo. Não há mais o que chorar e se lastimar. Misógeno, xenófobo, racista, machista e tantas outras coisas que a mídia rotulou o novo presidente, mas o povo não se deixou levar por artistas e jornalistas que impunham suas opiniões como verdadeiras e únicas. Prevaleceu a vontade da nação.

Teremos uma primeira dama por quatro anos para babar por cada look bafônico que ela usar.

COMENTE!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top