Ácidos graxos como o ômega-3 reduz o risco de câncer de mama

alimentos com omega-3
Uma nova pesquisa realizada pelo College of Medicine, em Hershey Penn, Pensilvânia (EUA) concluiu que as mulheres obesas podem reduzir a percentagem de risco de câncer de mama devido aos ácidos graxos ômega-3 , presente principalmente em peixes oleosos. o estudo foi publicado na revista Cancer Prevention Research.

Os pesquisadores , com a participação de 266 mulheres na pós-menopausa com câncer de mama de alta densidade , divididos em três grupos: peso normal, sobrepeso  e obesidade. O objectivo era para medir a variação na densidade da mama dos participantes para mais de 2 anos (alta densidade de mama aparece para ser um fator de risco para câncer de mama, de acordo como National Cancer Institute, como as mulheres com seios grandes são 4 a 6 vezes maior risco de desenvolver a doença).

Os participantes foram divididos em cinco grupos de tratamento diferentes. Dois grupos receberam diferentes doses de raloxifeno (60 mg e 30 mg), um grupo recebeu cápsulas prescrição omega-3 (4 g) e um grupo recebeu 30 mg de raloxifeno combinado com 4 g de ómega-3. Um grupo de controle não recebeu tratamento.

Após dois anos, os pesquisadores descobriram uma associação entre aumento dos níveis de ácidos graxos ômega-3  no sangue e uma redução da densidade da mama, mas apenas entre 20% dos participantes que eram obesos.

De acordo com a hipótese, a associação seria motivado pelo aumento dos níveis de inflamação associados com a obesidade que leva ao câncer de mama: “ômega-3 os ácidos gordos têm um efeito anti-inflamatório, então essa é uma das razões pelas quais suspeita o que pode ser particularmente eficaz em mulheres obesas , “explica Andrea Manni, líder do estudo.

A descoberta apoia a ideia de que o ômega-3 DHA, em particular, são de preferência de proteção em mulheres pós-menopáusicas com obesidade. Isto representa um exemplo de uma abordagem personalizada para a prevenção do cancro da mama conclui Manni.

ALIMENTOS RICOS EM ÔMEGA 3 E 6

O ômega 3 é um tipo de óleo poliinsaturado essencial, pois não é produzido pelo corpo e não se preocupe com os nomes técnicos, o importante é compreender sua importância.
O ômega 3 está presente não só nos frutos do mar, no óleo de linhaça, mas também em carne vermelha e derivados de animais que pastam (carne bovina, suína).
Esses são os alimentos ricos em ômega 3.
Daí a importância de saber a procedência da carne vermelha que se ingere pois se for animal (gado ou porco) ou peixe (salmão) por exemplo forem criados em cativeiro e portanto se alimentando com ração, não terão quantidade considerável de ômega 3, ao contrário, serão ricos em ômega 6.
Esse ômega 6 também é importante para a saúde mas o grande problema é que seu excesso consome o ômega 3, portanto a relação entre os dois deve ser mais equilibrada, o ideal seria de um para um, mas isso é difícil e vamos ver o porquê. O importante é o equilíbrio entre o Ômega 3 e o Ômega 6!

O EXCESSO DE ÔMEGA 6 

Esse é um problema sério e pouquíssimas pessoas sabem disso! A alimentação atual é rica em farináceos (pães, biscoitos integrais, massas, etc) rica portanto em ômega 6, cujo excesso causa uma inflamação geral no corpo e consome o ômega 3, causando diversos problemas para o organismo.

Na alimentação atual, temos atualmente cerca de 20 vezes mais ômega 6 do que ômega 3. Daí a importância da suplementação do ômega 3 e a redução dos carboidratos refinados ou farináceos (pães, massas, doces, refrigerantes, etc).

ÔMEGA 3 EMAGRECE ?

Poucas pessoas sabem, mas a deficiência de ômega 3, seja pelo excesso de ômega 6 que consome o ômega 3 ou seja pela pouca ingestão de alimentos ricos em omega 3, causa um estado inflamatório persistente no corpo, que aumenta a chance de ganhar peso, adquirir diabetes e outros problemas como a síndrome metabólica (uma mistura de diabetes, pressão alta e triglicerídeos no sangue alto).

O corpo precisa de ômega 3 para diminuir a inflamação, prevenir doenças e promover o emagrecimento saudável: Algumas funções do ômega 3 no metabolismo do organismo: melhora a ação da insulina, é necessário para o metabolismo celular, é fundamental para a comunicação entre as células e também para o funcionamento das mitocôndrias (respiração da célula), além da diminuição dos níveis de triglicerídeos, fundamental portanto para emagrecer com saúde.

Causas de deficiência de ômega 3 no corpo: Além do que já foi falado (pouca ingestão de alimentos ricos em ômega 3 e o excesso de ômega 6), podemos citar outras causas de deficiência de ômega 3 no organismo:

Stress, má absorção, alcoolismo, deficiência de vitaminas (zinco, potássio, vitamina c, biotina, complexo B, Lcarnitina, etc).

 

DICA IMPORTANTE:  Se o óleo de peixe estiver com cheiro é porque não é de boa qualidade, tem que estar inodoro, sem cheiro.

 

assinatura-beatriz-marks

COMENTE!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top